Meebo e QuickOffice compradas pelo Google


Hm… Meu quarto post consecutivo hoje. E trago uma notícia bem interessante. Google investindo em algo além da WEB. Ontem foi anunciada a compra do Meebo e hoje, pelo tecnoblog, recebemos a notícia da compra do QuickOffice.

Ontem foi feito um post no blog oficial do Meebo ao que se refere a sua compra por parte da Google. Vale lembrar que o Meebo era – e ainda é – utilizado como uma versão online do Windows Live Messenger. Ele se popularizou muito na época em que o programa era bloquado pelas empresas, por exemplo. Mais tarde, expandiu o serviço com suporte a outras plataformas e hoje possui, além da versão online, aplicativos para iPhone e Android. E como se não bastasse tudo isso, há também uma versão WAP do serviço.

O comunicado deixa a impressão do desenvolvimento de um novo produto, com um misterioso “estamos super animados para arregaçar as mangas e começar a criar maneiras melhores e maiores de ajudar usuários e donos de site também”. Mas o Google afirmou ao site The Verge que “a experiência do time do Meebo em ferramentas de mídias sociais será muito bem vinda ao time do Google+”.

E hoje tivemos o anúncio oficial por parte de Alan Warren, diretor de engenharia do Google. Alan afirma que a suite de aplicativos recém adquirida, o QuickOffice, será mais integrada com os produtos da empresa: “Hoje, usuários, empresas e escolas utilizam o Google Apps para fazer seus trabalhos de qualquer lugar, com qualquer pessoa e em qualquer dispositivo. O Quickoffice tem um bom histórico em permitir a interoperabilidade com os principais formatos de arquivos, e nós estaremos trabalhando para trazer sua poderosa tecnologia para a nossa suite de produtos Apps”.

Então… Vamos pensar um pouco. Essas compras aparentemente não tem sentido algum, mas, devemos nos lembrar que temos o Chrome OS aí. Haveria a possibilidade do Google fazer um OS menos voltado a nuvem? Pois, se formos analisar, pode muito bem ser isso mesmo.

O Quick Office é uma suite já muito bem desenvolvida para tablets e smartphones. Google estaria ganhando um bom espaço nessa área antes da chegada do Office. E de brinde, basta desenvolver o sincronismo entre o Quick Office e o Google Drive/Docs.

Bom, o G-Talk não temos muito a dizer. Já passou da hora de um refinamento dele. E usar a base atual do Meebo não seria uma má ideia, uma vez que ele integra funções que os atuais concorrentes do G-Talk tem. Será que a Google está pensando em criar um SO com as funções mais básicas para o usuário se devencilhar dos produtos mais tradicionais? Bem… Só o tempo e o mercado poderão responder a essas perguntas.

Sobre Jorge Afonso

Meu nome é Jorge Afonso Filgueiras Quinelato. Sou brasileiro, solteiro, bacharel em Administração e Técnico de TI trabalhando para o governo. Sou apaixonado por tecnologia e deskmod.

Publicado em 05/06/2012, em Informativo, Sites, Softwares. Adicione o link aos favoritos. Deixe um comentário.

Sua opinião é importante para nós. Comente!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: