Cientistas da CERN acharam uma nova partícula!


Seria este o tão contraditório “Bóson de Higgs”?

Boa tarde galera! Após o meme do Fry explicando um pouco o assunto do post, vamos tentar explicar o que eles encontraram, como encontraram e se isso nos afetará de imediato. Sigam-me os sedentos por ciência!

Lembram-se do LHC? Caso não, refresquemos a memória:

O LHC é o acelerador de partículas do CERN. Ele tem formato de anel, com circunferência de 27km, e fica abaixo do solo na fronteira entre a França e a Suíça. O LHC colide prótons a uma velocidade próxima a da luz para simular as condições do Big Bang. Assim, é possível encontrar partículas e verificar se a teoria do Modelo Padrão está certa.

Ele motaram esse gigantesco bate-bate subatômico para testar novas teorias físicas, dentre elas a teoria do Bóson de Higgs.

Mas, afinal, o que é bóson?

O Bóson é uma particula que interage com as quatro forças bases do modelo padrão: Magnetismo, Gravidade, força nuclear forte e força nuclear fraca. Tais como:

  • O fóton (particula que mede a força magnética),
  • O glúon (mede a força nuclear forte),
  • O hélio-4 (um isótopo estável do gás hélio) e;
  • O bóson do campo de Higgs.

Agora, vamos  entender o Bóson de Higgs:

O Bóson de Higgs é hipoteticamente uma particula que tem essas interações. Essa partícula deve existir numa faixa de “peso” entre 115 e 141 GeV.

Primeiramente, imagine que esse GeV seja o equivalente ao horário de uma consulta no seu médico, se for antes de 115 GeV é outra partícula/paciente. O mesmo vale se for acima de 141 GeV. Então… Depois de vários testes com o seu bate-bate subatômico eles encontraram essa partícula de 126 GeV.

E então, eles encontraram o Bóson de Higgs?

A partícula encontrada está na faixa que eles acham encontrar o bóson que se relacione com a propriedade da massa na natureza, o Bóson de Higgs. Ela, aliás, se comporta da maneira que eles achavam que o bóson de higgs iria se comportar.

Entretanto, eles não podem ainda afirmar ser o bóson em questão, o porque é simples: imaginemos novamente a situação do médico. Você tem um irmão gêmeo e ele aparece no seu horário de consulta. O médico (no caso os cientistas) pode confundir e consultar/analisar a partícula errada.

O que acontece se for a partícula certa? E se for a errada?

Se for o paciente/partícula certa, beleza. Triunfaram e podem expandir o campo da física hoje conhecida. Se não for… Eles poderão comemorar por encontrar outra partícula e continuar tentando encontrar o seu bóson, ou partir para outras teorias como:

  • O campo de Higgs não precisa de um bóson para funcionar,
  • O esfriamento da matéria em si, sem influência de qualquer campo gera o seu peso,
  • E outras teorias afins…

Espero muito que tenham gostado dessa explicação lúdica e sem noção ao estilo Doctor Who. Me inspirei nele para fazer o post.

Uma imagem do cara em questão, para quem não acompanha a série.

Sobre Jorge Afonso

Meu nome é Jorge Afonso Filgueiras Quinelato. Sou brasileiro, solteiro, bacharel em Administração e Técnico de TI trabalhando para o governo. Sou apaixonado por tecnologia e deskmod.

Publicado em 04/07/2012, em Informativo. Adicione o link aos favoritos. Deixe um comentário.

Sua opinião é importante para nós. Comente!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: