Smartphones, Inovação e a Ladainha da Apple


Bom dia. Hoje começamos a terça-feira com um post falando sobre inovação no mercado de celulares. Realmente é um assunto que eu não domino com perfeição, mas, é fácil ver quando o mercado não traz algo que realmente faça diferença. Em uma matéria do tecmundo, encontramos o caso de uma analista fazendo a mesma ladainha que vemos todos os anos entre o lançamento de um Galaxy S e um Novo iPhone. Segue matéria transcrita abaixo:

Com o anúncio do Samsung Galaxy S4, a empresa coreana mostrou a sua arma na batalha contra a Apple. A empresa de Cupertino vem sofrendo desde o lançamento do iPhone 5, enfrentando quedas no valor de suas ações, mas um analista acredita que a companhia apresentará um “killer app”com o iPhone 5S que mudará tudo.

De acordo com a analista Katy Huberty, as ações da Apple devem apresentar uma melhora significativa no fim do ano, próximo do lançamento do iPhone 5S. Huberty se encontrou pessoalmente com o CFO da Apple, Peter Oppenheimer, e disse que a empresa da Maçã deve surpreender a todos este ano, já que terá uma função tão impressionante com o 5S que trará diversos consumidores para a plataforma.

Para Hubert, o anúncio do Galaxy S4 mostrou poder, mas faltou inovação. Para ela, todos os grandes lançamentos de smartphones, sejam iPhone, Android ou até mesmo Lumia e Blackberry, mostram aparelhos mais rápidos, poderosos e bonitos, mas não trazem nada que realmente faça com que eles sejam diferentes do resto. É aí que o lançamento do iPhone 5S pode se beneficiar.

Durante a sua entrevista ao canal CNBC, a analista não deu dicas sobre do que trata a nova função que fará o iPhone 5S se destacar tanto, apenas de que ela deve aumentar o valor das mais de 500 milhões de contas Apple ao redor do mundo. Já tem alguma ideia do que será? Que comecem as especulações.

Fonte: Tecmundo

Dois pontos são bem – ou quase bem – verídicos em toda essa entrevista clichê acima descrita:

  • A empresa de Cupertino vem sofrendo desde o lançamento do iPhone 5, enfrentando quedas no valor de suas ações, mas um analista acredita que a companhia apresentará um “killer app”com o iPhone 5S que mudará tudo.

Realmente, a Apple aparenta ter problemas após a morte de Jobs – falecido em 05 de outubro de 2011, as novas gerações dos produtos da Apple aparentaram ser mais atualizações incrementais. De fato, você não perceberia a sutil diferença. No 5, o que deu para destacar do modelo anterior era a traseira em alumínio e uma tela maior.

  • Para ela, todos os grandes lançamentos de smartphones, sejam iPhone, Android ou até mesmo Lumia e Blackberry, mostram aparelhos mais rápidos, poderosos e bonitos, mas não trazem nada que realmente faça com que eles sejam diferentes do resto.

Essa afirmação é grande parte sim verdadeira. Dos listados, apenas o Lumia se destaca por suas live tiles e tecnologias em conjunto com a Nokia. O resto… Bem… Aparentam ter muitas similaridades na interface, que generaliza muito o conceito do smartphone (ditadura de design inicialmente quebrada pelo Windows Phone e, recentemente, pelo Ubuntu Touch).

Agora, se pegarmos o restante da entrevista cedida por Katy Huberty, veja o que ela fala do Novo iPhone que ela o chama de 5S (lembrando que o 4S foi atualização incremental do 4):

De acordo com a analista Katy Huberty, as ações da Apple devem apresentar uma melhora significativa no fim do ano, próximo do lançamento do iPhone 5S. Huberty se encontrou pessoalmente com o CFO da Apple, Peter Oppenheimer, e disse que a empresa da Maçã deve surpreender a todos este ano, já que terá uma função tão impressionante com o 5S que trará diversos consumidores para a plataforma.

Para Hubert, o anúncio do Galaxy S4 mostrou poder, mas faltou inovação. Para ela, todos os grandes lançamentos de smartphones, sejam iPhone, Android ou até mesmo Lumia e Blackberry, mostram aparelhos mais rápidos, poderosos e bonitos, mas não trazem nada que realmente faça com que eles sejam diferentes do resto. É aí que o lançamento do iPhone 5S pode se beneficiar.

Sim! Exatamente! Uma explicação vaga e sem sentido sobre um App! Nada de revolução na interface – já datada, diga-se de passagem, uma vez que é a mesma de 2007 – ou de algo sobre o acabamento.

Eles tentaram com vidro, agora alumínio e ambos não deram muito certo. Porque não tentar algo novo e diferenciado como o acabamento do iPod? Não… Ele terão de usar a mesma interface de botões quadrados de cantos arredondados, com o mesmo tipo de notificação, com o mesmo acabamento sem graça e opções de cores: preto e branco.

Vamos falar sério, cadê aquela Apple que lançou a moda do gadgets descolados e coloridos como os primeiros iMacs e afins? Deixou de existir e de se reinventar quando Jobs morreu?

Apple – Antigamente brilhante e descolada. Hoje, opaca.

Cadê aquela Apple que lançou um Smartphone que abandonava as listas de funções e passou a adotar ícones interativos? Cadê a Apple que inovava e fazia os outros correrem atrás do prejuízo enquanto ela ficava procurando algo realmente novo para deixar os concorrentes desnorteados?

Sinceramente? Entre 1997 e 2005 eu quis ter produtos da Apple, pois eles não eram apenas de grife, eles eram o reflexo de sua personalidade. Eles mostravam seu estilo de vida. Hoje, eles são apenas brinquedos caros na mão de consumistas de quinta categoria que só compram por causa da marca da “maçã mordida”.

Sobre Jorge Afonso

Meu nome é Jorge Afonso Filgueiras Quinelato. Sou brasileiro, solteiro, bacharel em Administração e Técnico de TI trabalhando para o governo. Sou apaixonado por tecnologia e deskmod.

Publicado em 19/03/2013, em Apple, Gadgets, Informativo. Adicione o link aos favoritos. 4 Comentários.

  1. Eu discordo um pouco da sua opinião, Jorge.

    As pessoas falam que a Apple está tendo problemas depois da morte de Jobs. Isso não é verdade. O iPhone 5, bem como o iPad Mini e de 4ª Geração, bateram recordes de vendas. Nunca a Maçã havia vendido tanto. Sim, as suas ações na bolsa caíram, mas todo mundo sabe que a bolsa de valores oscila com uma simples brisa de verão. Na prática, a Apple está vendendo mais do que em qualquer outro período.

    Quanto às atualizações incrementais… Sim, isso é bem verdade. Mas, infelizmente (ou não) é um ponto por onde todos têm de passar. Acho que chegamos num estágio evolutivo dos smartphones que não têm mais para onde correr. Resta apenas melhorar o que já existe: especificações técnicas, a tela, interação com o sistema operacional. E por falar em sistema operacional, sou a favor da Apple manter o mesmo design desde 2007. Não há necessidade de se aprender como manusear um novo S.O, mesmo send o iOS. O sistema já vem passando por reformulações e melhorando um punhado de coisas.

    O momento agora é o de melhorar o que já existe mesmo. Não é possível revolucionar uma indústria de ano em ano. Claro, quando a tecnologia tiver avançado mais um pouco, adoraria ver smartphones mais finos, com baterias que durem semanas, por que não meses. Telas flexíveis, comandos por voz mais aprimorados, um uso intensivo do grafeno, que mostra-se bastante promissor. Enfim, mas no futuro, apenas. Acho que agora o momento é de aproveitar o que temos. Eu já acho os lançamentos anuais um exagero. Por mim, um novo smartphone top de linha só seria lançado a cada 2 anos.

    Bem, essa é a minha opinião.

    • Concordo em grande parte do seu comentário. Mas, 6 anos sem um tapinha no visual do SO é dose… Não acha?

      É como você vender o mesmo carro por 6 anos, mudando apenas o modelo, enquanto seus concorrentes mudam a geração por completo. Como o caso dos Nissan Sentra e Livina, apesar do ótimo custo x benefício, eles não vendem porque os concorrentes inovaram mais do que eles.

      • Eu não gosto de comparar o mercado de automóveis com o de dispositivos móveis. São duas coisas diferentes. Hahahaha!!!

        Mas no iOS não é como se não houvesse nenhuma mudança. Na versão 6 mais de 200 novos recursos foram implementados. As notificações mudaram de lugar, ganharam uma barra, integração com o Twitter e o Facebook, etc…

        Enfim, mas é uma mera questão de opinião. Eu estou satisfeito com meus dois iDevices. Mas os consumidores têm todo o direito de querer algo novo. Pra mim, o maior trunfo da Apple é a integração entre dispositivo e software, não importando se ele é um iPhone 3GS ou um iPad Mini. Os mesmos apps vão rodar, num mesmo sistema operacional.

        • E é exatamente esse tipo de experiência que a Microsoft propôs, mas, ela consegue fazer de um jeito que nem mesmo a Apple pode dizer que é igual ao dela. Estranho não?

Sua opinião é importante para nós. Comente!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: